LAPAFOLIA 2018 ESTÁ DEFINIDO

A reunião convocada pelo Prefeito Municipal Eures Ribeiro e a Secretária Municipal de Turismo e Empreendedorismo Edna Rosa de Oliveira para definir o Lapafolia 2018 foi realizada no gabinete do prefeito no último dia 04/01 (segunda-feira), às 10:00h, onde compareceram várias pessoas que ligadas ao evento como representantes de blocos alternativos, comandante da Polícia Militar, representantes da Coelba, secretários municipais, comandante da Guarda Municipal, imprensa e outras pessoas interessadas no evento. Os blocos Dez e Paquera não se fizeram representar.

Em seu pronunciamento, Eures Ribeiro afirmou que desde a criação do Lapafolia a prefeitura vinha tendo uma participação equivocada, pois patrocinava os grandes blocos e esses restringiam a participação do folião. Como o carnaval é uma festa de confraternização popular, não via com bons olhos o participação da prefeitura como patrocinadora desses blocos. Em sua avaliação, o Lapafolia elitizou-se de tal forma que as pessoas chegam a cometer absurdos com o intuito de adquirir um abadá, seja prostituindo-se ou roubando.

A sua proposta é dar nova roupagem ao evento, procurando levar o folião para a pista, sem corda, numa integração total. Para isto, vai colocar na avenida 04 trios elétricos por dia, com grandes atrações e também os artistas da terra. Enfatizou que com esta nova proposta o município gastará apenas um terço do orçamento de anos anteriores.

Sobre a ausência dos grandes blocos no evento deste ano ele afirmou que foi feito várias tentativas para ajudar os mesmos, porém os gestores dos blocos não aceitaram. A primeira proposta da prefeitura era contratar grandes atrações para a pista uma vez que os blocos queixavam-se que para contratar boas atrações
para os camarotes seria necessário ter bom público na pista. Esta proposta foi rechaçada e a desculpa desta vez foi a taxa cobrada pela prefeitura. A prefeitura então, retirou a cobrança da taxa e, mesmo assim, os blocos negaram a participação.

Fez duras críticas aos gestores dos grandes blocos que durante todo esse tempo de Lapafolia só acumularam prejuízos e que todos os anos a prefeitura era obrigada a intervir, como foi o caso da última apresentação da banda Chiclete com Banana no Lapafolia, que só entrou na avenida após a intervenção do prefeito que, em contra partida, exigiu a retirada das cordas.

Eures Ribeiro foi taxativo: “A prefeitura não patrocina mais camarote, nem bloco com cordas!”. No entanto, quem tiver interesse em instalar camarote ou botar bloco na pista com corda é só solicitar o alvará, porém, sem patrocínio da prefeitura.

Como já foi anunciado, este ano não teremos o bloco Dez, nem o bloco Paquera.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Copyright © 2004 - 2018 Festa10